sábado, 17 de abril de 2010


Sinto falta do escuro quando preciso me enxergar
Me tirem da tomada, começou a trovejar
Às vezes é melhor chorar do que sorrir
Às vezes é melhor calar e ressentir.
Alguém passou aqui transbordando solidão
Secando minhas dores que escorrem pelo chão
Às vezes é melhor sorrir do que chorar
Se o quadro é em preto e branco, colorir é disfarçar
É tanta coisa nova que é melhor nem relembrar
Não relembrar, melhor assim.

(Melhor assim)

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Mistura tão rara de inferno e céu.

Contradição
Vontade de voar,
Vontade de viver intensamente
me entregar ao mundo
pelo menos uma vez.
Vontade de sumir daqui.
Tenho o magico segredo
de desvendar o impossivel.
Escuto tudo,
menos o que grita dentro de mim.
Todos procuram incansavelmente a felicidade,
eu, me agrado com a tristeza.
Alguem já chegou ao ponto,
de por ter tantos pensamentos
não conseguir pensar em nada?
enquanto minha cabeça gira,
gira em torno do que fiz e do que não fiz,
Escrevo meus pensamentos confusos
em frases incertas.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

O meu desejo agora
é mastigar a tua boca
como quem morde maçã.
Sentir teu cheiro tão perto,
que de tão perto mal posso sentir.
Pode ser que depois da meia-noite
você saia da minha cabeça.
Pode até ser que eu perca os sentidos,
se ainda houver algum:
Você consumiu meu tato e o meu paladar
num simples jogo de olhar
E só posso lamentar minha submissão.

Iuri G.

domingo, 11 de abril de 2010

Sonhos, sonhos...

Estrelas e abismos nos chamam
durante a confusa tragetória da vida.
Ânsias de voar, amar, viver a vida da melhor forma,
ânsia de tocar o infinito.
Às vezes você acorda,
às vezes você cai na queda.
E quando cai, você voa.

Fly One Time

;)